Articles avec #wi-food tag

Publié le 19 Juillet 2017

Miguel Neiva, 

designer e inventor do projeto Coloraddhttp://www.coloradd.net/, o famoso código de cores para daltônicos, faz parte do corpo docente do Wi-Food PT.

Miguel falará  da importância e do papel das cores na idealização e concepção de uma identidade visual para blogs, videos, fanpages, etc.

Vem compartilhar conosco o conhecimento de Miguel Neiva e melhorar sua comunicação online.

O Wi-Food PT vai ser realizado nos dia 30 de setembro e 01 de outubro de 2017 em Lisboa.

Informações e Inscrições: wifood@nuclya.com

 

 

 

Miguel Neiva (ColorAdd) - professor do Wi-Food PT.

Voir les commentaires

Rédigé par Verakis

Publié dans #Wi-Food

Repost 0

Publié le 30 Juin 2017

Nos dias 30 de setembro e 01 de outubro de 2017 acontece em Lisboa, a primeira ediçao portuguesa do curso da Verakis/ Nuclya:    “Wi-Food- Como veicular as informações ciências dos alimentos, da alimentação e da nutrição pelos meios digitais. »

Em virtude da quantidade de informações sobre alimentos, alimentação e nutrição que veiculam constantemente pela WEB e e o impacto que as mesmas podem ter sobre a percepção da alimentação e o consumo de alimentos por parte do publico leigo o curso tem como objetivo
conscientizar, alertar e ajudar à todos que tenham ou queiram ter um blog, uma fan page, um portal ou outro meio de informação e comunicação online, para que possam ter muito discernimento na hora da escolha dos titulos, conteudo, abordagem, referencias, cores, ilustraçoes, fotos, entre outros.

Porque como diz a Profa. Dra. Juliana T. Grazini dos Santos ( presidente da Fundação verakis, idealizadora e coordenadora do curso) que pesquisa e trabalha na área de popularização das ciências dos alimentos, da alimentaçéao e da nutrição:

“..comunicar sobre alimentos e alimentação não é banal, nem imaginamos o que fazemos com o público leigo quando não escolhemos as cores certas, o desenho ou foto adequada, o texto auxiliador...”

"Transmitir conhecimentos, orientar ou alertar por internet não é simples e estamos cometendo erros. Erros estes, que a saúde pública "pagará" no futuro como estamos "pagando" agora as estratégias de estimulo da produção e do consumo de alimentos criados nos 40/50, depois da segunda guerra mundial. "

“... popularizar conhecimento não é encher o publico leigo de informaçoes abstratas e incompreenssíveis, falar difícil, com jargões...é também fazer sonhar...é divulgar cultura por meio da arte e da literatura.”

 Não é um curso de jornalismo gastronômico, é uma reflexão, uma alerta e uma orientação sobre os riscos e cuidados que devemos tomar quando falamos de alimentos, alimentaçao e nutriçao pela web, riscos de alienaçao, medicalizaçao, utopias perigosas... Como amenizar isso com redaçao, escolha de temas, designer, ilustraçao, fotos, e uma boa gestão.

O curso conta com 7 experts no assunto:   Juliana T. Grazini dos Santos (Verakis),  Pedro Aguiar ( Sphera Saùde), Miguel Neiva (Coloradd),  Sandra Santos (Papinhas da Xica), Luisa Oliveira (Visão), João Lopes Carvalheiro (Midias Digitais), Tiago Martins (Fotografia), Helder de Meneses Brito (Infografia), Lisa Afonso (Nutricionista). 

 

O curso acontece em Lisboa, nos dias 30 de setembro e 01 de outubro das 9H00 às 18H30.
 

Informações e Inscrições pelo: verakis@verakis.com

Porquê tornar-se um Wifoodista português.

Voir les commentaires

Rédigé par Verakis

Publié dans #Wi-Food

Repost 0

Publié le 23 Juin 2017

Um nutricionista incomodado e preocupado com o que se falava sobre alimentação e nutrição, em rodas de amigos, na televisão, nos jornais, nos bares e entre colegas, resolveu estudar o fenômeno da transmissão de conhecimentos científicos e saiu pelo mundo, ou melhor pela Europa, fuçando e investigando como, de que modo, por qual motivo, por quem, e por qual meio os "leigos" ouviam falar e aprendiam sobre o assunto.

Foram uns bons anos de caminhada (1997-2017), a era digital surgiu, a alimentação passou a ser pauta de jornais e revistas, a dramatização da alimentação tornou-se evidente e o tal "leigo" passou a  ser "bombardeado" por informações sobre alimentos, alimentação e nutrição, também e sobretudo pelos meios digitais.

Em 2013, com uma bagagem bem recheada de conhecimentos, reflexões, questões e relações profissionais, o tal nutricionista sentiu necessidade de alertar, conscientizar, preparar, orientar  e ensinar profissinais técnicos (engenheiros de alimentos, farmacêuticos, nutricionistas, médicos, engenheiros agronômos,etc.) conterrâneos, para que as informações sobre alimentos, alimentação e nutrição que circulam "por aí", na "praça digital", sejam mais adequadas e que ajudem o "leigo", em vez de exercer uma certa forma de tortura com informações incoerentes, errôneas, simplistas...

Foi então criada a primeira edição do Banda Larga e Prato Fino no Brasil e este ano, com um novo nome (Wi-Food) o curso serà realizado pela 5a. vez consecutiva.

Este curso não poderia existir somente no Brasil, visto que o problema é "mundial". 

Portugal foi o primeiro país que entendeu a necessidade de preparar seus profissionais técnicos, de maneira diferente, diferenciadora e original.

Unidos por este interesse comum a Nuclya e a Verakis firmaram uma parceria e com o empenho e expertise da nutricionsita portuguesa Lisa Afonso, adaptaram o "Wi-Food" para os profissionais portugueses.

Entre hàbitos e costumes diferentes, um "português castiço" e um "português abrasileirado", e muitos ajustes para contenter os portugueses, este curso chega finalmente a Portugal, Lisboa!

A 1a edição portuguesa do "Wi-Food" acontece em Lisboa nos dias 30 de setembro e 01 de outubro de 2017.

Informações e Inscrições: wifood@nuclya.com

Vem ser um Wi-Foodista português!

Voir les commentaires

Rédigé par Verakis

Publié dans #Wi-Food

Repost 0

Publié le 14 Juin 2017

A Verakis e a Nuclya levaram para Portugal o "WI-Food", breve curso prático sobre informação e comunicação sobre alimentos, alimentação e nutrição, que no Brasil está indo para a sua  5a. edição.

O curso foi adpatado para a realidade portuguesa e acontece em Lisboa, nos dias 30 de setembro e 01 de outubro de 2017, das 9H às 18H.

Este curso é destinado para profissionais e estudantes das áreas de alimentos, alimentação, saúde, gastronomia, tecnologia, agronomia, publicitários, jornalistas e “apaixonados” por alimentos, alimentação  e áreas afins.

 

O "Wi-Food" foi elaborado para orientar, incentivar e preparar estudantes, profissionais e “amadores” para informar e/ou comunicar adequadamente, ou pelo menos concientemente, sobre alimentos, alimentação e nutrição, nos meios “on-line”.

Os participantes têm a oportunidade de aprender e compartilhar com profissionais experientes e de renome nos meios de comunicação.

São abordados aspectos fundamentais, sobretudo o que constitui o básico da informação e comunicação: emissor, receptor, mensagem, legitimidade e qualidade da informação, linguagem, identidade visual, comunicação visual, comunicação escrita, respeitando os preceitos científicos, buscando boas fontes de informação e abordando adequadamente temas relacionados aos alimentos e alimentação que têm gerado muitos problemas de "desinfomação" na era da “ultrainformação”.

 

Para quem quiser ver como foram as edições anteriores no Brasil: http://verakis.over-blog.com/tag/banda%20larga/

Informações e Inscrições: wifood@nuclya.com

 

Vagas limitadas!!!

Wi-Food em Portugal - 1a. edição

Voir les commentaires

Rédigé par Verakis

Publié dans #Wi-Food

Repost 0