Tomates, antioxidantes, supervalorização e controvérsias...

Publié le 4 Mai 2016

O tomateiro, Lycopersicum sp, é uma planta originária da América do Sul, cujo fruto é comestível e de grande importância econômica para inúmeras nações.

Destaca-se que existem várias espécies e vários cultivares.Tomate débora, tomate santa cruz, tomate italiano, são tantos que fica difícil de citar!

É uma planta pertencente à família Solanaceae. Vale dizer que as espécies dessa família são muito peculiares e agregam desde plantas com compostos bioativos e antioxidantes extremamente benéficos à saúde humana, assim como plantas tóxicas com potenciais destrutivos, como a trombeteira e o tabaco.

Falando de uma forma muito simplista, é curioso saber que o tomate tem parentesco com as pimentas, pimentões, tabaco, trombeteira e tantas outras plantas.

O tomate é um alimento com altos teores de vitaminas A e C (ácido ascórbico), além de ser rico em licopeno (carotenóide). Isso mesmo, o licopeno é um tipo de carotenóide, que por sua vez é um pigmento que confere a cor vermelha nos frutos.

Nas plantas, os licopenos, atuam como pigmentos acessórios à fotossíntese. Na saúde humana atuam como antioxidantes onde desempenham a proteção das células contra os radicais livres.

Por esta razão, os tomates são considerados alimentos funcionais. O consumo deve estar associado à uma alimentação equilibrada e hábitos de vida saudáveis.

Pouco se fala da necessidade de submetê-lo à cocção em associação com óleo para o verdadeiro aproveitamento pelo organismo humano.

Por isso devemos tomar cuidado para não nos enveredarmos em conceitos que supervalorizem e provoquem “tendências alimentares”. Destacamos que nem citaremos questões polêmicas envolvidas como os agrotóxicos empregados no cultivo de tomateiros. A ciência avança a cada dia, mas as controvérsias também.

Por isso, a Fundação Verakis acredita que devemos nos preparar cada vez mais enquanto profissionais, “conhecendo os dois lados da moeda” para que possamos saber distinguir os mitos, as lendas daquilo que realmente acontece.

O curso "Atualidades, Avanços e Controvérsias em Nutrição" desenvolvido pela Verakis e Nutriscience é uma boa opção para os que estão interessados em atuar tendo conhecimento dos resultados científicos atuais.

Informações e Inscrições: verakis@hotmail.fr / verakisbr@gmail.com

Texto: MsC. Maysa Barbosa

Tomates, antioxidantes, supervalorização e controvérsias...

Rédigé par Verakis

Publié dans #Nutrição Clinica

Repost 0